Sobe para 18 o número de mortos em desabamento na região de Miami

Outros seis corpos foram encontrados nas últimas horas, informaram as autoridades locais.


Por G1 em 01/07/2021 às 08:25 hs

Sobe para 18 o número de mortos em desabamento na região de Miami
Foto: Cortesia MDFR/Reuters

As equipes de resgate entraram nesta quarta-feira (30) no 7º dia de buscas pelos desaparecidos no desabamento de parte de um prédio residencial na região de Miami, Estados Unidos.

Até o momento, 18 corpos foram encontrados nos escombros e ao menos 145 pessoas ainda estariam desaparecidas — quatro corpos haviam sido achados pela manhã e mais dois, à tarde. Autoridades da Flórida divulgaram a identidade de parte das vítimas:

Stacy Dawn Fang, 54 anos

Antonio Lozano, 83 anos

Gladys Lozano, 79 anos

Manuel LaFont, 54 anos

Leon Oliwkowicz, 80 anos

Luis Bermudez, 26 anos

Anna Ortiz, 46 anos

Cristina Beatriz Elvira, 74 anos

Marcus Joseph Guara, 52 anos

Frank Kleiman, 55 anos

Michael David Altman, 50 anos

Hilda Noriega, 92 anos

Uma criança brasileira está entre os desaparecidos. Lorenzo Leone, de 5 anos, estava com seu pai, Alfredo Leone, quando o edifício veio abaixo. Sua mãe, Raquel Oliveira, não estava no apartamento porque visitava parte da família no Colorado.

'Dano estrutural grave'

Um relatório feito em 2018 apontou que o condomínio onde ficava o prédio tinha um "grande dano estrutural", em uma laje de concreto abaixo do deck da piscina. A empresa responsável alertou a necessidade de reparos na estrutura.

Apesar do alerta, uma autoridade municipal garantiu aos moradores do Chaplain Towers que o edifício estava "em muito bom estado". A informação sobre o relatório e a resposta do poder público foram revelados pela imprensa americana no fim de semana.

O condomínio tinha uma grande deterioração estrutural no estacionamento, sob a torre de 40 anos, segundo o relatório. O documento alertava que uma laje estrutural de concreto precisava ser substituída "em um futuro próximo" devido a uma falha na impermeabilização.

Mas ainda não se sabe o motivo da tragédia, nem se esse dano estrutural pode estar relacionado a ela.



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !