Copa do Brasil: Fla estreia com vitória e Atlético-MG elimina Remo

Galo avança às oitavas após segunda vitória sobre paraenses.


Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional - São Paulo em 11/06/2021 às 08:20 hs

Copa do Brasil: Fla estreia com vitória e Atlético-MG elimina Remo
Imagem: © Alexandre Vidal/Flamengo/Direitos Reservados

O Flamengo saiu na frente do Coritiba no confronto pela terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (10), o Rubro-Negro venceu o Coxa por 1 a 0 no Couto Pereira, em Curitiba, passando a ter a vantagem do empate na partida de volta, na próxima quarta-feira (16), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro.

FIM DE PARTIDA NO COUTO PEREIRA! O Mengão vence o Coritiba por 1 a 0 com gol de Rodrigo Muniz no jogo de ida da Terceira Fase da Copa do Brasil. VAMOOOOOOOOOOOS! #CRF #VamosFlamengo

Com exceção do meia Everton Ribeiro, o time carioca atuou sem os jogadores convocados para representar as respectivas seleções (principal e olímpica) na última data Fifa: o zagueiro Rodrigo Caio, o lateral Mauricio Isla, o volante Gerson, o meia Giorgian de Arrascaeta (que contraiu o novo coronavírus) e os atacantes Pedro e Gabriel Barbosa. Este último teve um edema muscular na coxa direita diagnosticado pelos médicos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e não se apresentou na última quarta-feira (9) - como esperava o clube - para ser avaliado pelo departamento clínico da própria agremiação.

Diante do Coritiba, o escolhido para o lugar de Gabigol foi Rodrigo Muniz. Quis o destino que fosse dele o gol que abriu o placar no Couto Pereira. Aos 15 minutos, em meio a pressão rubro-negra, Vitinho cobrou escanteio e o também atacante, de 20 anos, mandou de cabeça para as redes. O garoto teria marcado o segundo, aos 42 minutos, completando na pequena área um cruzamento rasteiro de Bruno Henrique, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante na origem da jogada, ao receber o passe do lateral Matheuzinho na direita.

EU TÔ MUNIZADOOOOOOOOOO! MEU GAROTO! O GOL DE @RodrigoMuniz019 PELAS LENTES DO ESTAGIÁRIO! BOAAAAAAA! #CFCxFLA #VamosFlamengo pic.twitter.com/H3adHpVpdO

O Flamengo seguiu no campo de ataque no segundo tempo, ainda que sem a mesma facilidade de antes do intervalo para infiltrar na área coxa-branca. Diego, Everton Ribeiro e Vitinho tentaram de longa distância, mas pararam no goleiro Wilson. No Coritiba, as entradas dos atacantes Tailson, Waguininho e Dalberto melhoraram a equipe, mas foram insuficientes para buscar o empate. Nos acréscimos, o time paranaense ainda teve o zagueiro Nathan Ribeiro expulso.

Os dois times voltam a campo no domingo (13) pelas respectivas divisões nacionais. O Flamengo recebe o América-MG, no Maracanã, às 16h, pela terceira rodada da Série A. Mais tarde, às 20h30, o Coritiba joga em casa diante do Londrina pela terceira rodada da Série B.

Galo despacha Leão

Também nesta quinta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Atlético-MG voltou a derrotar o Remo, desta vez por 2 a 1, garantindo a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, disputada na quarta-feira passada (2), no Baenão, em Belém, o Galo havia vencido por 2 a 0.

Podem vir, #OitavasDeFinal! 👊😎

@Atletico é mais um clube com vaga garantida para a próxima etapa! 💪🐔

📸 Staff Images#CopaIntelbrasDoBrasil pic.twitter.com/mK8hOpuAcK

— Copa Intelbras do Brasil (@CopadoBrasil) June 10, 2021

Assim como o Flamengo, o Atlético teve que lidar com desfalques por conta da data Fifa e de convocações para a Copa América. Casos do zagueiro paraguaio Junior Alonso, do volante equatoriano Alan Franco e dos atacantes Eduardo Vargas (chileno) e Jefferson Savarino (venezuelano). Já os laterais Guga e Guilherme Arana, que defenderam a seleção olímpica do Brasil nos dois amistosos em Belgrado (Sérvia), foram poupados. Por fim, o meia Matías Zaracho testou positivo para a covid-19 e também ficou fora.

Os mineiros resistiram à marcação pressão do Leão Azul e saíram na frente aos nove minutos, com o zagueiro Rever completando, de cabeça, a cobrança de escanteio do meia Hyoran. Aproveitando os espaços, o Atlético desperdiçou várias chances. Entre os 30 e 35 minutos, os anfitriões acertaram incríveis três vezes a trave. Primeiro, em chute do atacante Keno, na área. Depois, em desvio sem intenção do lateral remista Thiago Ennes. Por fim, em cabeçada do meia Nacho Fernández. A punição veio no golaço do zagueiro Romércio, que aproveitou um erro alvinegro na saída de bola e arrematou de fora da área, aos 44 minutos, para deixar tudo igual.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLL DOOOOO GAAAAAAAAAAAAAAAAAAALLLLLLLLLOOOOOOOOOOO!!!

A reação dos visitantes parou aí. Aos quatro minutos da etapa final, Rever foi derrubado pelo zagueiro Rafael Jansen na área. O atacante Hulk cobrou a penalidade e recolocou o Atlético na frente. Aos 29, o Remo teve a oportunidade de igualar novamente, em pênalti cometido pelo volante Jair, por mão no braço dentro da área. O meia Felipe Gedoz bateu, mas o goleiro Everson fez a defesa. A partir daí, o Galo só administrou o resultado e a classificação à próxima fase.

Ambas as equipes têm compromissos neste domingo, às 16h. Pela Série A, o Atlético enfrenta o São Paulo no Mineirão. Na Série B, o Remo visita o Botafogo no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Os duelos são válidos pela terceira rodada das respectivas competições.



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !