2020 ano da confusão e eleição

Poesia com Maestro Bacalhau.


Por Maestro Bacalhau em 07/11/2020 às 10:41 hs

2020 ano da confusão e eleição
Maestro Bacalhau - Foto:Arquivo/Pessoal

Chegou o penúltimo mês

Do ano da confusão

Foi grande a mortalidade

Na nossa população

O corona vírus no mundo

Causou muita agitação


Nós tivemos que cumprir

Talvez, nossa maior pena

Que foi ficar todos em casa

Cumprindo a quarentena

Pra uns até que foi ruim

Já para outros valeu a pena


O número de doentes e mortos caiu

Houve comemoração

As empresas estão em busca

É grande a competição

Para encontrar a vacina

Para toda população


E tem outra pandemia

Esta é minha opinião

Que vem e causa euforia

E muita aglomeração

E faz os nossos gestores

Entrar em contradição


Pois, a ordem partiu deles

Para ninguém se aglomerar

mas eles são os primeiros

Que estão a convocar

Para as pessoas irem as ruas

Para com eles caminhar


Um conselho eu vos dou

É bom você repensar

Faça uma avaliação

Antes de concretizar

O voto em qualquer candidato

Na hora que for votar


Indico a vocês o meu candidato, Deus

Este tem de compaixão

Não pede, nem compra voto

Só quer de nós oração

E quem se apega a esse Gestor

Ganhará a salvação

 

Quem é o Maestro Bacalhau?

Ednaldo (Maestro Bacalhau), iniciou sua carreira artística, aos 16 anos de idade, tocando em banda fanfarra. É graduado em Artes visuais com habilitação em música, dança e teatro. É Professor, Compositor, Arranjador, Poeta e Maestro. Atualmente, professor e Regente musical, no Núcleo de Artes da SEDUC (Secretaria de Educação) na cidade de Paulo Afonso, BA. No cenário cultural, fez parte de quadrilha junina e em vários eventos de formação e capacitação, tais como: Jornadas Pedagógicas; Festivais de Música; Encontro de Bandas; Recitais; Fóruns; Congressos; Simpósios; Cursos e outros.

 

 



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !