Atividades do Programa do Leite são retomadas pela Seagri-AL

O órgão enviou a autorização para as cooperativas participantes, junto com as instruções do novo sistema.


Por Jornal de Alagoas com Ascom Seagri em 12/09/2020 às 08:53 hs

Atividades do Programa do Leite são retomadas pela Seagri-AL
Imagem Ilustrativa; Foto: Reprodução

A Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri-AL) retomou, no mês de setembro, as atividades de distribuição do Programa do Leite. O órgão enviou a autorização para as cooperativas participantes, junto com as instruções do novo sistema.

A população alagoana, que teve a suspensão da distribuição do leite em junho, passou a receber o alimento desde os primeiro dias deste mês, o alimento é de essencial importância e nutre mais de 80 mil famílias que vivem em estado de pobreza e extrema pobreza em Alagoas. “O leite tem uma importância muito grande para a minha família. Além de alimentar todos aqui de casa que mora eu, minha filha e meus dois netos, é uma fonte de saúde, principalmente pra mim que tenho problema nos ossos e preciso estar tomando leite”, se emocionou Ivone Bandeira do Benedito Bentes.

Até agora foi registrado o retorno de 30% nas entregas, pois algumas cooperativas ainda não retomaram a distribuição. A partir desta sexta-feira (11), o leite começa a ser distribuído na região do sertão.

Transparência e eficiência

Além da retomada do programa, a Seagri investiu também em um novo sistema de cadastro, que garante mais agilidade, eficiência e controle em todo o funcionamento do programa.

Para a Secretária de Assistência Social do município de Coruripe, Verônica Rocha, a retomada do leite é uma ação que vai além da nutricional. A secretária falou também sobre a atualização cadastral. Para ela, o novo sistema trouxe para os gestores mais segurança e para a população, mais oportunidade.

Valorização e lucro para o produtor alagoano

O Programa do Leite ajudou também a valorizar a produção de todos os produtores em Alagoas. Agora o valor do leite aumentou, o que fez subir o preço de venda e proporciona maior lucro para o produtor.

Diante desse aumento, visando não prejudicar o fornecimento, a Seagri já solicitou ao Ministério da Cidadania a autorização para que haja o pagamento do reajuste do valor e também realizou uma parte dos vencimentos anteriores, tudo dentro do permitido pela regulamentação do governo federal.



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !