Seja bem vindo
Delmiro Gouveia,27/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Lewandowski: vamos reprimir fake news com toda força da Lei

Ministro da Justiça e Segurança Pública disse que conteúdos falsos prejudicam trabalhos de resgate das enchentes no Rio Grande do Sul

Fonte: CNN Brasil
Lewandowski: vamos reprimir fake news com toda força da Lei Imagem: Reprodução

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, disse nesta quarta-feira (8) que notícias falsas sobre as enchentes no Rio Grande do Sul serão “reprimidas com toda força da Lei”.

“Isso é muito grave, realmente, porque as forças de segurança e de resgate estão sendo prejudicadas pelas fake news. São crime. Sobretudo quando obstrui o trabalho das autoridades. Isso está sendo devidamente apurado pela Polícia Federal. Nós estamos atentos e vamos reprimir com toda força da Lei essas notícias falsas que estão sendo veiculadas”, declarou.

Ontem, o ministro enviou pedido à PF para que se apure a divulgação de informações sem veracidade. A solicitação partiu anteriormente da Secretaria de Comunicação da Presidência, que listou algumas fake news já identificadas.

O ministro da Justiça, porém, pondera sobre atuação do Ministério da Justiça no quesito repressão imediata. “Precisamos primeiro investigar e depois virá a repressão. A AGU também foi acionada para fazer o trabalho na área civil e administrativa. Todas as medidas estão sendo tomadas para a volta da normalidade no Rio Grande do Sul”.

Lewandowski também declarou à CNN que há possibilidade de enviar mais agentes da Força Nacional ao estado gaúcho. Na semana passada, 100 agentes foram deslocados. Já esta semana, mais 100 foram enviados.

“Nós estamos avaliando a necessidade. Nós estamos com quase mil agentes federais à disposição do Rio Grande do Sul, entre policiais federais, rodoviários federais, força pública, temos equipamentos, como automóveis, caminhões, picapes, botes. Quase mil homens. Vamos aguardar e dependendo da necessidade podemos ampliar esse efetivo. É uma possibilidade, mas ela tem que corresponder a uma demanda”, informou à reportagem.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login